30 de março de 2016

Barragem de Assú recebe 25 bilhões de litros após chuvas no seridó

Com as chuvas da semana passada no serão do seridó, a barragem Armando Ribeiro Gonçalves, maior reservatório do estado, recebeu 25,5 bilhões de litros. O reservatório passou de 475,4 milhões de metros cúbicos no dia 23 de março, para 500,9 milhões nesta segunda feira(28). Segundo a página da secretaria estadual do meio ambiente e dos recursos hídricos na internet. Na quarta-feira passada, a barragem atingiu o nível mais baixo deste a década de 1980, quando foi inaugurada pelo então presidente João Figueiredo. 

O volume de água disponível era de apenas 19,81 % da capacidade, que é de 2,4 bilhões de metros cúbicos. Com as chuvas, o ranking do acumulado de chuvas no ano mudou. Na semana passada, quem liderava era Água Nova, com 467,3 mm, em segundo Martins (460,4) e em terceiro Campo Grande (435,7). Na leitura de ontem, Martins assumiu a liderança, com 602,5 mm, Água Nova em segundo (484,4), e em terceiro Porto Alegre(446,8) e em quarto lugar Olho D’água do Borges(443,6). 

Apesar disso nenhum dos quatro municípios atingiu o volume de chuva necessário (acima de 760 mm) para o inverno ser considerado normal do ponto de vista pluviométrico. Na semana passada um grupo de meteorologistas, reunidos em Recife, divulgou o terceiro prognóstico sobre a quadra chuvosa do semiárido nordestino. A previsão indica o seguinte: 70 % de probabilidade de chuvas abaixo da média no trimestre março, abril, maio; as chances de haver precipitações na categoria em 25 % em torno da média e apenas 5 % acima da média. 

 Via lagoa Nova Destaque

Nenhum comentário:

Postar um comentário